quarta-feira, 30 de julho de 2008

Mariza


Ontem fique fascinada com o concerto da Mariza, esqueça quem ouve os cd's e acha que é só fado. O concerto que assisti ontem foi simplesmente fantástico, a voz dela provoca uma sensação de arrepio na pele e o fascinante é que ela faz sentir aquilo que esta a sentir ao cantar a musica emoções à flor da pele, alegria, melancolia, nostalgia, sorrisos imensos, lágrimas a escorrer pela face, destes pequenos grandes nadas se fez o monumental concerto de Mariza . O mais surpreendente é que a maioria das pessoas que estavam a assistir eram jovens e estavam cerca de 60.000 pessoas em frente ao palco a cantar "fado". É indescritível o que sente a ouvir Mariza, é um misto de sensações e emoções que nos invadem a alma e o coração. Não quero ser injusta, porque todos os temas cantados por ela foram fantásticos e transportaram-nos para um mundo mágico, mas tenho que evidenciar aqui dois momentos extraordinários… Mariza a cantar sem microfone com aquela voz pura e cristalina que delicia qualquer espectador mais distraído e o tema «Ó Gente da Minha Terra», um dos meus preferidos por certo, em que a fantástica fadista andou pelo meio do seu «povo» distribuindo sorrisos e espalhando simpatia…. Uma noite memorável para todos o que puderam SENTIR no seu coração a voz de Mariza… Com toda a certeza que vou repetir muitas mais vezes!

terça-feira, 29 de julho de 2008

De volta

De volta ao trabalho e como isto custa... Estava tão bem de férias, sem hora para acordar, sem hora para deitar, praia, sol, mar, ai que saudades....

sábado, 19 de julho de 2008

quinta-feira, 10 de julho de 2008

5.ª Feira

Hoje sinto-me como se o Mundo estivesse para acabar.. Começo a ficar preocupada comigo, pois dou por mim a fazer coisas que não lembra a ninguem,. Estes dias de flinstons são sempre chatos mas eles hoje vinham demais é velos a reclamar que tem pressa, e depois há saida ficam há porta na conversa, é quererem dar vida a telemoveis museu que eu já me vejo obrigada a fazer um esforço para me lembrar dos modelos, NÃO! Eu quando for cota não quero ser assim! Até porque nessa época os telemóveis já não são telemóveis já serão um implante qualquer localizado num dente e no ouvido... credo!

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Descida do rio

Domingo foi um dia passado de maneira diferente. Fui fazer descidado rio Mondego pela 1.ª vez na minha vida e ia com um panico terrivel, tinha medo de me molhar e a água estar muito fria, de não me ageitar com as pagaias, do rio ser muito fundo (apesar de saber nadar), sei lá manias... Ate a parte em que uma "menina" nos virou a canoa foi fixe... Mas no fim de tudo foi fantástico adorei tudo e quero repetir muitas mais vezes. O grupo era fantástico apesar de ser quase tudo gente conhecida foi muito bom conhecer pessoas novas. Obrigado por tudo ao senhor que nunca nos deixou passar sede, e que levava um vinho verde muito bom... Tive pena de não poder fazer slide mas para a proxima vou fazer... Obrigada também ao Gaspar por nos ter carregado a tralha e no fim a nós...



Calor

Quando o calor aperta é ver os meus pézinhos a incharem, e como nas sapatarias de portugal só se vende sapatos para pés elegantes, uma pessoa tem de procurar o mais largo possivel para calçar. E não é que encontrei umas xanatas fixes... São tão lindas....









segunda-feira, 7 de julho de 2008

Elegância

Hoje não sei lá porque sinto-me mais magra... é verdade que já não me peso ha quase um mês para não ter desilusões, portanto vou continuando com a sensação que é verdade e que estou mais magra...